Santa Maria da Serra realizou um Desfile Cívico em comemoração aos 63 anos da cidade

O dia 27 de outubro e o final de semana que sucedeu a sexta-feira de aniversário, foram marcados por muitas solenidades.

Por CONTEÚDO PUBLICITÁRIO
(Atualizado em 07/11/2023 - 14h23)
Compartilhar

O ginásio de esportes Juliana Voltarelli Vicente foi o local de Santa Maria da Serra escolhido para sediar o Desfile Cívico em homenagem aos 63 anos de emancipação político administrativa. O evento teve início às 9h e contou com a ilustre presença de diversos setores da cidade.

Entre os destaques presentes, esteve o Tiro de Guerra de Piracicaba, que realizar o tradicional hasteamento das bandeiras. Também se fez presente no local a Banda da Polícia Militar e uma exposição de veículos antigos da PM, que permaneceu no mesmo recinto até o dia 29 de outubro (domingo).

O desfile ainda pôde contar com as crianças da rede municipal de educação. Cada uma das unidades trabalhou ao longo da semana um tema relativo as tradições e a cultura do município. Participaram ainda as escolas estaduais, programas sociais, alunos das diversas escolinhas de esporte e dos variados setores da administração.

Estiveram presentes também autoridades da cidade e outros convidados e por fim, o esperado parabéns e bolo. Além do Desfile, em paralelo teve o Festival do Chopp Artesanal na Praça da Matriz, nos dias 27, 28 e 29 e uma Ação Comunitária em parceria com a Câmara Municipal e OAB/São Pedro em frente ao prédio do legislativo.

 

Arte utilizada para divulgação do Desfile Cívico

 

História:

Santa Maria da Serra, conhecida como Brinco da Serra, faz parte da Região Metropolitana de Piracicaba e do Polo Turístico Serra do Itaqueri. É conhecida como  a capital Paulista da Farinha de Mandioca e Mandioca de Mesa, cujo evento mais famoso é o Festival Gastronômico da Mandioca, criado neste formato há três anos pela atual gestão. O município possui aproximadamente 6.298 pessoas (IBGE 2021)

Rica em sua fauna e flora e o clima típico interiorano é banhada pela represa do Rio Piracicaba, atraindo turistas para o esporte e pesca. Também é forte o turismo rural devido a geografia do município, em especial as serras que formam lindas paisagens. 

Por volta de 1867, Feliciano de Oliveira Dorta, um dos primeiros habitantes, doou terras para a construção de uma capela, que foi chamada de Capela de Santa Maria. Essa data é considerada a de fundação do lugarejo.

Inicialmente recebeu o nome de Tupanci. Mais adiante foi renomeada para Santa Maria, recebendo posteriormente o nome atual, por volta de 1950, por estar próxima a uma serra. Foi transformada em município pelo Decreto nº 5.825, de 18 de fevereiro de 1959, vigorando a partir de 1º de janeiro de 1960, sendo Adib Cury o primeiro prefeito do município.